Copa do Mundo: o cartão postal em decadência

Em plena Copa do MundoRR apresenta imagens que possivelmente irão te chocar ao ver o total desmazelo da Prefeitura do Rio com o bairro, cartão postal do país. Mendigos, buracos, tubulações clandestinas, mau cheiro, lixo, sim, muito lixo, foi um pouco do que mais vimos pelas ruas de Copacabana.

Homem de rua se alimentando e alimentando o filho na porta do Banco do Brasil, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana | Foto: retratorio

Moradores de rua dormem tranquilamente na porta de agências bancárias da Avenida Nossa Senhora de Copacabana | Foto: retratorio

Buracada nas calçadas da Rua Barata Ribeiro | Foto: retratorio

Lixeiras transbordam na Avenida Nossa Senhora de Copacabana | Foto: retratorio

Porta da agência Itaú Personalité na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, completamente tomada de xixi, já na segunda imagem, o encanamento externo de um hotel, também na mesma avenida, não para de vazar água pela calçada... | Foto: retratorio

Em pensar que astros e estrelas do mundo inteiro já
estiveram por estes metros quadrados, e que Copacabana foi o símbolo, e referencia,
da tradicionalíssima zona sul carioca desde a era áurea nas décadas de 1930,
1940 e 1950, é lamentável o estado em que o bairro se encontra nos dias de
hoje.

Bairro de boemia, glamour e riqueza, Copacabana deu origem a
muitas músicas, livros, pinturas e fotografias, virando também referência
turística do Brasil. O bairro já foi espécie de “joio do trigo”, e o sonho do
crème de la crème na época em que o auge era viver por estas redondezas e seus
atrativos.

A Princesinha do Mar que sempre foi lembrada pela sua
elegância e sofisticação que acompanhavam o seu entorno, tem morrido cada dia
que se passa. O número de vidas que ela possui não se sabe, mas que seus dias
estão contados temos certeza…

Atualmente, o bairro tem a maior concentração populacional
da cidade. Copacabana também abriga a maior quantidade de idosos do município,
com 16,7% da população acima de 60 anos. Possui 100 quarteirões, 78 ruas, cinco
avenidas, seis travessas e três ladeiras, e ainda 4 favelas ( Pavão-Pavãozinho,
Cantagalo, Cabritos e Ladeira dos Tabajaras – todas localizadas em encostas de
morros) numa área de 7,84 km². Copacabana tem em torno de 150.000 habitantes
segundo o Wikipédia.

Deixe uma resposta